terça-feira, 9 de abril de 2013

O meu namoro não normal super maravilhoso!


O que as pessoas não sabem é que não somos um casal normal. Se estivermos acompanhados de alguém parecemos duas almas penadas de mãos dadas, sorrisos aqui, conversa acolá, tudo muito calmo e normalíssimo; uns beijinhos de quando em vez (somos muito contidos com companhia, somos seres tímidos o que é que se há-de fazer) e há sempre um de nós super calado - depende com que pessoas estamos, família dele, minha família  amigos dele, meus amigos, é fácil de entender. Porém quando estamos só nós os dois ocorre um surto de loucura, ficamos muito físicos (não em termos sexuais) e parecemos duas crianças. No outro dia fui a casa dele e acho que sofri um golpe de wrestling improvisado na cozinha enquanto os hambúrgueres fritavam. Isto é um exemplo. Depois há muitas danças estranhas, imitações de vozes e pessoas, palmadas, cócegas, beliscões, mordidas. Há muito gozo, gozamos imenso um com o outro (sobretudo ele que me está sempre a enganar e depois ri-se de mim), ouve-se muito "croma", "tótó", há porrada, há muitos amuos fingidos e discussões encenadas. Há de tudo um pouco.
Somos um casal estranho mas a verdade é que adoro que o sejamos. É bom ser estranho, ser diferente, sabe bem. E com ele sinto-me sempre normal porque somos dois tótós com brincadeiras tolas e que se compreendem bastante bem. Adoro a minha relação não normal, é maravilhosa! 

3 comentários:

D.Pereira disse...

então pronto xD também tenho uma relação anormal... acho que no fundo pensamos que não é assim tão normal, mas no fundo todos os casais são meio crazys quando estão entre paredes xD

Carolina disse...

Eu acho que no fundo todos nos comportamos assim quando a pessoa que temos ao nosso lado é a certa. Claro que as brincadeiras e os gozos variam de casal para casal mas revejo-me nisto e até acho que é a melhor parte, a mais verdadeira, talvez... aquela que mostra que somos felizes juntos :)

meet me on 9 disse...

Carolina, é o que eu acho também, mas sabe bem pensar que há coisas que são só nossas e acreditar que só nós é que as fazemos :b